Agnaldo Enfermeiro continua preso e não tem data para soltura

Agnaldo Enfermeiro

O Vereador afastado Agnaldo Vieira Gomes “Enfermeiro” continua preso e não tem uma data prevista para um possível alvará de soltura, pois responde por dois crimes – rachadinha e assedio sexual – que ainda estão em tramitação no Fórum Desembargador Drummond, em Itabira (MG).

Circulou pela cidade de Itabira a informação de que o vereador afastado havia conseguido um alvará de soltura de prisão domiciliar, decorrente do período de pandemia, porém verificamos junto ao Fórum que não procede esta informação, e que Agnaldo Enfermeiro permanece recolhido no Presídio de Itabira, na localidade do Rio de Peixe, a disposição do poder judiciário.

Márcio Pedro – Diretor do Presídio

A reportagem verificou também que a Direção do Presídio de Itabira, até esta quarta-feira, 3 de junho e 2020, não tomou conhecimento ou foi comunicada sobre qualquer tipo de alvará direcionado ao vereador afastado, Aguinaldo Vieira Gomes o “Enfermeiro” (PRTB). “Ele permanece preso”, disse o diretor do Presídio Marcio Pedro.

Nossa reportagem verificou que nas próximas semanas a MM. Juíza que preside o processo relativo ao assedio sexual em que o vereador afastado responde, pode proferir uma sentença relacionada a acusação, podendo ser de condenação ou absolvição. De qualquer forma o acusado permanece recolhido naquela unidade prisional.

Em tempo 

Agnaldo Enfermeiro foi preso em 5 de março de 2020, pela Polícia Militar, quando ele e dois advogados pararam para almoçar em um restaurante às margens da rodovia MG-129, na altura do km 33, no bairro Chapada, em Itabira (MG). Na época foi constatado que ainda havia mandado de prisão em desfavor do mesmo, assim ele foi levado direto para o Fórum Desembargador Drummond onde foi apresentado para a Juíza de plantão. Posteriormente ele foi levado para o Presídio do Rio de Peixe, onde permanece até o momento.

Agnaldo Enfermeiro esteve foragido da justiça desde o dia 12 de julho de 2019, quando foi expedido o mandado de prisão pelo crime de rachadinha na Câmara Municipal de Itabira.

Com informações de Silvio Andrade

Veja também

Polícia prende o vereador afastado Agnaldo “Enfermeiro”