AL

Covid-19: Nota do Metabase sobre interdição das minas em Itabira

Ver Mais +

A diretoria do SINDICATO METABASE de Itabira-MG, teve conhecimento nessa tarde (5/6), da liminar concedida pelo Tribunal Regional do Trabalho da 3ª Região, através do mandado de segurança, impetrado pelo Ministério Público do Trabalho de Minas Gerais que determinou à Vale S/A, do impedimento temporário de suas atividades nas minas de nossa cidade.

O tema da interdição das minas foi a ausência de medidas adotadas para a não proliferação da COVID-19 aos seus trabalhadores.

O Sindicato reforça a luta para que haja mais segurança aos empregados na exploração do minério de ferro de forma responsável com valores inegociáveis à vida, saúde dos empregados, respeito às comunidades mineiradas e o meio ambiente.

Registra-se que através de nossa atuação, a Vale em Itabira adotou uma série de medidas para preservar a saúde dos trabalhadores diretos e terceirizados. Continuaremos atentos às medidas adotadas pela Vale S/A e sempre que houver oportunidades de melhorias reivindicaremos adequações imediatas por parte da empresa.

Seguimos acompanhando toda a movimentação destas decisões via o jurídico da nossa instituição e atuação da diretoria junto a toda categoria representada. Jamais nos omitiremos da nossa missão primordial da fiscalização nas áreas de trabalho e proteção total dos guerreiros e guerreiras.

Maiores informações e esclarecimentos estarão em nossos meios de comunicações, páginas oficiais e inclusive em nosso programa de rádio que ocorre toda segunda-feira.

Itabira 05 de junho de 2020

SINDICATO METABASE DE ITABIRA-MG E REGIÃO

Veja também

81 trabalhadores da Vale em Itabira testam positivo para covid-19

Sindicato Metabase Itabira esclarece sobre imposição da Vale

A pedido do Metabase, Vale inicia testes de Covid-19 em funcionários

Vale acata sugestões do Metabase Itabira