Durante a apresentação, o público será convidado a cantar e a brincar com os atores - Foto: Thiago Franco/ALMG

Live com canções para crianças será transmitida na terça (16)

Apresentação do Grupo Oriundo de Teatro, às 19 horas, integra projeto Minas Arte em Casa.

Com músicas que divertem e ensinam, o Grupo Oriundo de Teatro se apresenta na próxima terça-feira (16/6/20), às 19 horas, pela TV Assembleia e pelos canais da Assembleia no YouTube e no Facebook. A live, que é especialmente dedicada às crianças e aos seus pais, integra o projeto Minas Arte em Casa, que é uma das frentes de atuação promovidas pela Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) para ajudar no enfrentamento à crise econômica no setor cultural do Estado, gerada pela pandemia do coronavírus.

O fio condutor do espetáculo “Quem canta…” são as músicas apresentadas pelo grupo desde a sua criação em 2007. As composições de autoria de Tatá Santana divertem a criançada, resgatam brincadeiras, como amarelinha e bolha de sabão, e relatam vivências da infância, como um dente que cai e o medo de assombração. As canções também abordam, por meio de histórias com uma linguagem musical adequada para crianças, temas importantes como a diversidade e as mudanças presentes na infância.

Durante o espetáculo, o público será convidado a cantar e a brincar com os atores Enedson Gomes, Isabela Arvelos, Tata Santana e Pâmella Rosa. Eles vão se apresentar respeitando as medidas sanitárias de prevenção à propagação da covid-19. A diretora do espetáculo é Anna Campos.

O grupo participou de diversos festivais, que lhe renderam premiações nacionais e internacionais. Nos últimos anos, o grupo está ligado à produção de espetáculos musicais infantojuvenis, como sua peça “Escola de Heróis”, que recebeu 11 indicações ao Prêmio Copasa/Sinparc.

Próximas lives – Nos meses de junho e julho, outras três lives com artistas convidados serão transmitidas nos canais institucionais da Assembleia. A primeira, no dia 8 de junho, foi com os músicos da Orquestra Sinfônica de Minas Gerais (OSMG) Alexandre Kanji e Karine Oliveira e o regente da orquestra, Silvio Viegas. Programa-se para acompanhar.

Dia Artista Modalidade
24 de junho Dudude Herrmann Artes Cênicas / Dança
2 de julho Grace Passô Artes Cênicas / Teatro adulto
10 de julho Tizumba Música popular

Iniciativa – A Assembleia, por meio do projeto Minas Arte em Casa, vai selecionar 40 propostas de apresentações inéditas de artes cênicas e de música popular e erudita, desenvolvidas em plataformas digitais. Os vencedores serão remunerados e terão seus trabalhos veiculados pelos canais da ALMG.

O objetivo da iniciativa é reduzir os impactos negativos gerados pela pandemia do coronavírus nesse segmento, além de fomentar o acesso à cultura para o público, durante o isolamento social. As inscrições terminaram no dia 9 de junho e o resultado será publicado na próxima semana.

Além do projeto Minas Arte em Casa, a Assembleia realizou outras iniciativas visando apoiar o setor cultural. Uma delas é a Lei 23.631, de 2020, originária do Projeto de Lei (PL) 1.777/20, que, entre outros temas, assegura a possibilidade de concessão de renda mínima emergencial a trabalhadores autônomos e a realização remota de projetos apoiados pelo Sistema de Financiamento à Cultura de Minas Gerais.

Houve também a aprovação do PL 1.801/20, que prevê, entre outros temas, a adoção de editais emergenciais para profissionais da área artístico-cultural, tanto artistas quanto técnicos; a prorrogação dos prazos de aplicação de recursos e prestação de contas para os projetos culturais apoiados pelo Estado que forem adaptados para ocorrer de forma digital; adoção de estratégias para impulsionar a realização de eventos culturais previstos ou reagendados para após o término do estado de calamidade.