Crédito: Fernando Frazão/Agência Brasil

Treinos e partidas devem seguir orientações para evitar contaminação

Ministério da Saúde adotou protocolo da CBF para retorno das atividades esportivas em meio à pandemia do novo coronavírus; evitar contato físico e realizar testes com frequência são algumas das recomendações.

O Ministério da Saúde lançou uma série de recomendações para o retorno das atividades esportivas no Brasil em meio à pandemia do novo coronavírus. Com a volta de campeonatos estaduais de futebol, medidas como lavar as mãos e evitar os famosos abraços após o gol podem evitar a transmissão da doença.

As medidas foram tomadas de acordo com o protocolo médico nacional elaborado pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF). O documento vai servir de modelo para outras modalidades esportivas, pois já é considerado pioneiro no País como um plano de retomada na área esportiva. Além disso, o ministério considera o esporte como um fator de entretenimento fundamental no contexto da saúde.

Entre as orientações da pasta, levando em conta o protocolo da CBF, estão a definição das datas dos jogos, testagem nos atletas e medidas que levem em conta a segurança de toda a equipe envolvida nos trabalhos. A pasta também alerta que as atividades devem ser pactuadas com o gestor de saúde de cada localidade, levando em consideração o cenário epidemiológico e as medidas já aplicadas nos estados e nos municípios.

Evitar o contato físico antes, durante e depois da atividade, como apertos de mãos e abraços, também é recomendado. E agora cuspir em campo está proibido.

Em relação às máscaras para os membros das equipes, a pasta recomenda que elas sejam trocadas a cada duas horas. No caso de jogadores, ela está dispensada. Outra orientação é que as atividades sejam realizadas em pequenos grupos, para evitar aglomerações. No caso do futebol, isso significa que não pode haver trocas de componentes, o que facilita o monitoramento de saúde dos participantes.

No caso da indicação de algum deles apresentar sintomas da doença ou testar positivo para a covid-19, a realização de testes deverá ser feita em todos, o que inclui atletas, comissão técnica e outros que fizerem parte do grupo.

Jalila Arabi