YouTube

Hemominas faz campanha com Uber para doação de sangue

Nos últimos meses, todas as unidades da Fundação Hemominas vêm enfrentando queda nos estoques de sangue. Os tipos sanguíneos negativos e o tipo O+ estão em estado de alerta. Por isso, a instituição fez uma parceria com a Uber para garantir as doações e apoiar o enfrentamento à pandemia.

Até o fim do mês (30/6), a Uber promove uma ação para custear a viagem de doadores de sangue que queiram se deslocar para o Hemocentro de Belo Horizonte. Utilizando o código promocional 10MMUBERHEMOMINAS, os doadores podem ter até R$ 30 de desconto para cada trecho percorrido (ida e volta). O código precisa ser adicionado no aplicativo antes das viagens.

Os deslocamentos devem ter como origem ou destino o Hemocentro de Belo Horizonte, localizado na Alameda Ezequiel Dias, 321, no bairro Santa Efigênia. A unidade funciona de segunda a sexta-feira, das 7h às 18h, e no sábado, de 7h às 13h, com entrada de doadores até as 12h.

Veja como ativar o código de desconto:

  1. No aplicativo da Uber, selecione a opção “Pagamento”
  2. No item “Promoções”, selecione a opção “Adicionar código promocional”
  3. Insira o código 10MMUBERHEMOMINAS
  4. Por último, clique em “Adicionar”

O código é válido para duas viagens por usuário, tendo o Hemocentro definido como origem ou destino, até a próxima terça-feira (30/6). O desconto é limitado a R$ 30 por viagem e sujeito à disponibilidade.

Agende sua doação

Para organizar o fluxo de atendimento, garantir a segurança e evitar aglomerações, a Fundação Hemominas está orientando a população para que agende suas doações on-line ou pelo MG App. Os critérios adicionais de triagem clínica de candidatos foram atualizados. Clique aqui para saber mais.

As unidades da Hemominas são ambientes seguros. No local, é obrigatório o uso de álcool em gel / líquido 70% nas mãos e as salas de espera e coleta de sangue foram reorganizadas de forma a garantir um distanciamento mínimo de um metro entre os doadores. Além disso, só são aceitas caravanas de, no máximo, dez pessoas.

Veja também

Paciente de Caeté vence Covid-19 e recebe alta médica do CTI em Itabira