O plano Minas Consciente define parâmetros para a retomada das atividades econômicas em cada região - Sarah Torres - Arquivo ALMG

Duas regiões mineiras avançam na reabertura econômica

Deliberação do Comitê Covid-19 reclassifica regiões Leste-sul e Triângulo-sul no Plano Minas Consciente.

O Diário Oficial do Estado publicou, nesta quinta-feira (23/07/20), a Deliberação 69, do Comitê Extraordinário Covid-19, que trata da reclassificação das fases de abertura econômica das macrorregiões de saúde, previstas no Plano Minas Consciente.

Instituído pelo Poder Executivo, o plano define os parâmetros de funcionamento das atividades econômicas durante a pandemia da doença provocada pelo novo coronavírus, bem como as regras a serem seguidas em cada uma das suas quatro fases, e o Comitê Covid-19 atualiza semanalmente a situação das macrorregiões de saúde.

Na deliberação publicada nesta quinta-feira (23), o texto trata das progressões de fases das regiões Leste-sul e Triângulo-sul. A região Leste-sul passou da onda branca, de baixo risco, para a onda amarela, de médio risco. Assim, espaços como lojas de variedades, lojas de departamentos, tabacarias e livrarias ganharam autorização para voltarem a funcionar.

Já a região Triângulo-sul saiu da onda verde, na qual apenas serviços essenciais podem permanecer abertos, para a onda branca, na qual alguns estabelecimentos determinados, como autoescolas, podem retomar suas atividades. Nas duas regiões, protocolos de segurança, como distanciamento mínimo entre os clientes e uso de máscaras, ainda deverão ser seguidos.

Veja também

Casos de Covid-19 no sistema prisional aumentam quase 100% em 30 dias