Vigilante vive momentos de terror nas mãos de assaltantes

O crime aconteceu na região onde será construído o novo Presídio de Itabira, na localidade denominada de Palestina. O vigilante foi amarrado e trancado dentro do banheiro por criminosos que assaltavam a área operacional da Vale, em Itabira.

O crime ocorreu às 20h de terça-feira (4). Os Militares de Itabira foram acionados para comparecer na localidade da Palestina, que pertence à mineradora Vale. Após os criminosos armados invadiram o local renderam o funcionário de 59 anos, que foi amarrado.

A vítima disse aos policiais que trabalha como vigia de uma empresa contratada pela Vale para tomar conta de caminhões e máquinas. Ele disse ainda que estava sentado em um banco em cima da esteira de um trator quando surgiram os três criminosos, um deles empunhando uma arma de fogo determinou que ele colocasse as mãos sobre a cabeça, descesse da máquina e deitasse no chão.

Um dos autores pisou nas costas da vítima e determinou que ele ficasse quieto, em seguida eles perguntaram se no local havia armas de fogo. Dizendo que não a vítima foi amarrada em seguida e levada para um banheiro químico existente no local, onde foi trancada. Somente após cerca de 4 horas o vigia conseguiu sair do banheiro e ir até sua residência no bairro Pedreira, andando cerca de uma hora e meia a pé.

Com a polícia, o vigia e um encarregado da empresa foram até o local do assalto e constataram que havia sido roubada uma mochila, uma lanterna da empresa e o celular do funcionário.

A Polícia realizou intenso rastreamento, mas nenhum suspeito foi identificado ou preso até o momento.

Ver Mais +