São Gonçalo: Luciana e Geraldinho agora são candidatos a prefeita e vice

Em convenção foram confirmados a Luciana e Geraldinho como candidatos a prefeita e vice em São Gonçalo do Rio Abaixo Coligação “Compromisso e novas ideias para uma São Gonçalo sustentável” é formada pelos partidos PTB, PSDB e DEM.

Na noite desta quinta-feira, 10 de setembro, o Partido Trabalhista Brasileiro (PTB), o Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB) e o Democratas (DEM) realizaram a convenção partidária para as eleições municipais de 2020. Devido a pandemia, a coligação optou pela reunião no formato online.

Na ocasião os partidos oficializaram o nome da Coligação “Compromisso e novas ideias para uma São Gonçalo sustentável” e confirmaram como candidata à prefeita, a ex Secretária de Saúde e atual vereadora, Luciana Maria Bicalho (PTB). O comerciante Geraldo Aparecido dos Santos, mais conhecido como Geraldinho Cabecinha (PSDB) foi oficializado como candidato a vice-prefeito pela chapa.

Também foram confirmados 25 candidatos que disputarão cadeiras na Câmara de Vereadores.

Ao final da convenção, Luciana deixou uma mensagem a todos os participantes. “Estou muito feliz com esta união que se concretizou hoje. Geraldinho é uma pessoa de confiança e estamos alinhados com novas ideias e com o compromisso de fazer o melhor para São Gonçalo”, disse.

Luciana também ressaltou sobre os candidatos a vereadores. “Temos ótimos nomes para concorrerem as vagas no legislativo. São pessoas com o mesmo pensamento de contribuir para o desenvolvimento da nossa cidade”, destacou.

Sobre Luciana

Luciana nasceu na comunidade do Carrapato em São Gonçalo do Rio Abaixo. É casada e mãe de dois filhos.

Foi eleita pela primeira vez em 2012 ao cargo de vereadora de São Gonçalo. Ao ser empossada, fez história na Câmara sendo a primeira mulher a presidir o legislativo. Dois anos após, foi reeleita ao cargo de presidente até o ano de 2016.

Nas eleições de 2016, foi reeleita ao cargo de vereadora com a maior votação da história do município para o cargo com 839 votos, e novamente eleita para presidir a Câmara no período de 2017 e 2018.

Em março de 2019, afastou-se das atividades como vereadora, para assumir a Secretaria de Saúde do município. Frente a pasta, trabalhou e desenvolveu diversas estratégias para solucionar as demandas da população.

Em junho de 2020, retornou para o legislativo para dar continuidade ao seu trabalho como vereadora.

Fonte: PTB