Homem de Nova Era morre ao cair de 107 metros de altura

Um empresário de 26 anos morreu após saltar de bungee jump dos vãos da Ponte da Prainha, em Antônio Dias, na região do Rio Doce, em Minas Gerais. 

A vítima Adam Esteves Gomes Dias Martins Cardoso era natural de Nova Era, na região Central de Minas, e estava saltando pela primeira vez. A corda arrebentou e ele despencou de uma altura de cerca de 107 metros.

As causas ainda serão investigadas pela Polícia Civil. Segundo uma amiga da vítima, ele tinha contratado o salto e pagou R$ 50. Ele estava no local com um amigo. O Grupo de Atendimento Voluntário de Emergência (Gave) de Nova Era foi acionado mas, quando chegou, a vítima já estava sem vida. A perícia da Polícia Civil foi para o local.

Cardoso tinha uma empresa de internet em Nova Era e, por isso, era muito conhecido na cidade. “Estamos todos muito abalados com essa notícia. Foi a primeira vez que ele saltou, e a corda arrebenta e ele morre desta forma. Estamos em choque, é muito triste”, contou a amiga do empresário.

Um boletim de ocorrência (BO) foi registrado pela Polícia Militar como homicídio culposo – quando não há intenção de matar -, contra a empresa contratada pelo empresário para o esporte. A vítima, segundo a polícia, foi a 16ª pessoa a realizar o salto, neste sábado. “Houve o rompimento do sistema de amortecimento, onde funciona as travas do sistema de pêndulo”, registraram os policiais no boletim.

O que é?

Bungee jump é uma modalidade de esporte radical em que a pessoa salta presa por uma corda elástica segurada pelos pés. Ela fica de cabeça para baixo e quase toca o chão.

Fonte – O TEMPO