As bandeiras de Minas Gerais e de Belo Horizonte estão hasteadas a meio mastro no Hall das Bandeiras - Foto: Daniel Protzner/ALMG

ALMG decreta luto após 150 mil mortes pela Covid-19

As bandeiras de Minas Gerais e de Belo Horizonte estão hasteadas a meio mastro no Hall das Bandeiras – Foto: Daniel Protzner/ALMG

Além da triste marca no Brasil, Minas Gerais ultrapassou neste sábado (10) o patamar de 8 mil mortos.

O Brasil atingiu a marca de mais de 150 mil mortos pela Covid-19, segundo levantamento do consórcio de veículos de imprensa divulgado na tarde deste sábado (10/10/20) a partir de dados das secretarias estaduais de Saúde.

Em virtude disso, o presidente da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG), deputado Agostinho Patrus (PV), decretou luto institucional de três dias no Parlamento Mineiro. Com isso, ficam proibidas comemorações no âmbito da ALMG e as bandeiras de Minas Gerais e de Belo Horizonte serão hasteadas a meio mastro no Hall das Bandeiras.

“Nosso Estado se enluta, mais uma vez, neste momento tão doloroso para todo o país. Em Minas, são mais de 8 mil perdas. A solidariedade do povo mineiro às mais de 150 mil famílias devastadas pela dor em cada canto do Brasil é, também, uma maneira de reafirmar a união de Minas na batalha contra esta pandemia que assola a todos nós”, ressalta Agostinho Patrus.

Números – O Brasil passou de 150 mil mortes por Covid-19 apenas dois meses após ter registrado a triste marca de 100 mil vidas perdidas, segundo os dados do consórcio de veículos de imprensa. Os dados atualizados apontam 150.023 mortes confirmadas e 5.073.483 casos confirmados. Em Minas Gerais, são 8.061 mortes e 321.140 casos confirmados de coronavírus, segundo a Secretaria de Estado de Saúde.

Veja também

Minas tem 8.061 óbitos por coronavírus