Metabase/divulgação

2ª rodada de negociações entre Vale e Metabase

Metabase realiza 2ª rodada de negociações com a Vale S/A. As discussões são as cláusulas para o acordo coletivo de 4.000 trabalhadores da empresa.

Metabase/divulgação

A segunda rodada de negociações para o acordo coletivo dos trabalhadores da empresa Vale não trouxe muitas novidades, conforme informou o presidente do Sindicato Metabase Itabira, André Viana: “Era de se esperar as propostas da empresa para seus trabalhadores, infelizmente. No dia 27/10 discutimos os relacionamentos entre empregado x patrão com os representantes da empresa. Um exemplo? A chefia tem assediado os trabalhadores para manter a produção. Todo o Sistema Sudeste está sendo pressionado, pois, a interdição de barragens, principalmente da Itabiruçu, tem feito com que a produção caia constantemente. Afinal, não há onde colocar rejeitos, assim, o Sistema não cumpre suas metas e o “alto escalão” da empresa, de cima para baixo, pressiona o “chão de fábrica” querendo resultados, não importando se foi a própria empresa que se colocou nesta situação”.

Cláusulas econômicas

Já no dia 28, quarta-feira, a pauta foi a discussão das cláusulas econômicas, esperada com ansiedade pelos trabalhadores, já que se discute os benefícios financeiros.

André repete sua fala inicial: “É decepcionante, a cada ano que passa “sentamos à mesa” com a empresa e sempre ouvimos os argumentos iniciais de que a empresa não tem dinheiro. Oferecer um reajuste nos salários de 2,72% é de uma petulância inacreditável. Sabemos que os alimentos sofreram aumentos expressivos. Apenas o arroz teve uma alta em mais de 100% desde o início do ano. Hoje pagamos 25, 30 reais em cinco quilos de arroz, ou seja, a remuneração permanece a mesma de um ano atrás e consequentemente a mesma do início da pandemia”.

André afirma que a os anseios da classe não são atendidos pela proposta apresentada: “A empresa apresentou também uma proposta de manter os benefícios já conquistados, incluindo o cartão alimentação e seu 13º, ou seja, vai manter um direito conquistado. É ultrajante a empresa apresentar isso em uma mesa séria de negociação. Não aceitamos nem discutir, por isso, rejeitamos de imediato e não levaremos à assembleia. Remarcaremos um novo encontro e vamos para nova discussão. O discurso desta diretoria em sua posse ainda em 2018 foi diálogo e resistência se necessário, e assim será”, afirmou o presidente.

Vale anuncia alta de 75% no lucro do terceiro trimestre

A empresa anunciou o lucro de 2,9 bilhões de dólares no terceiro trimestre. Os números são melhores que em igual período do ano passado, que ficou na casa de 1,6 bilhão de dólares. A alta dos preços do minério de ferro e a commodity acima dos R$110 contribuíram para o aumento do lucro da mineradora. “Foram fatores preponderantes para tamanha lucratividade”, concluiu André Viana.