Agência Brasil/Brasil 61

Denúncias de violação dos direitos humanos poderão ser feitas pelo WhatsApp

Novidade anunciada pelo governo federal nesta quinta amplia canais de atendimento para casos de violência contra vulneráveis.

As denúncias de violações de direitos humanos e de violência contra a mulher ganharam mais um aliado: o WhatsApp. Nesta quinta-feira (29), o Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos (MMFDH) anunciou que o aplicativo vai ser mais um canal de proteção aos vulneráveis.

Para receber atendimento ou realizar denúncias, o cidadão deve enviar mensagem para o número (61) 99656-5008. Após a resposta automática, uma pessoa da equipe da central de serviços vai atendê-lo. A denúncia recebida vai ser analisada e encaminhada aos órgãos de proteção, defesa e responsabilização em direitos humanos.

Além do WhatsApp, os canais de atendimento do Disque 100 e do Ligue 180 podem ser acessados pelo site da Ouvidoria e por outros aplicativos, como o Direitos Humanos Brasil. As denúncias são gratuitas, anônimas e geram um número de protocolo para o cidadão acompanhar o andamento. O serviço funciona todos os dias, 24h, incluindo sábado, domingos e feriados.

Felipe Moura