Divulgação

Pedestres e ciclistas também devem seguir sinalização na BR381

Divulgação

Ao trafegar pelas vias lindeiras e passeios públicos edificados nas obras de duplicação da BR-381/MG, os pedestres e ciclistas devem atentar, além do fluxo de veículos, aos direitos e deveres a serem seguidos. O Código de Trânsito Brasileiro (CTB) rege a forma como se deve portar em várias condições de vias, tráfego e movimentação dos usuários da rodovia que não conduzem veículos automotores. A forma segura de circular por vias lindeiras é seguir a sinalização vertical e horizontal destinada aos pedestres.

Dos vinte capítulos do CTB, um é exclusivo para atender a demanda de quem anda a pé ou utiliza bicicletas, ao trafegar por ruas lindeiras ou cruzar as pistas da BR-381/MG. O capítulo quarto, entre os artigos 68 ao 71, dispõe sobre as normas de conduta desse tipo de usuário de vias públicas, diante de situações cotidianas. Mas, muitos pedestres desconhecem o conteúdo do código e, em ocasiões diversas, agem por instinto ou por conveniência.

Várias aglomerações urbanas abrigam obras de duplicação da BR-381/MG onde é comum a circulação de pedestres. Para esse usuário da rodovia, o artigo 68 garante a utilização dos passeios ou passagens apropriadas das vias urbanas. Sendo assim, em vias lindeiras são edificadas calçadas para o tráfego de pedestres, sem que haja contato com o fluxo dos veículos automotores.

O artigo 69 do CTB afirma que para cruzar a pista de rolamento o pedestre tomará precauções de segurança, levando em conta, principalmente, a visibilidade, a distância e a velocidade dos veículos, utilizando sempre as faixas ou passagens a ele destinadas.

Travessias para pedestres – As passagens de pedestres edificadas nas obras de duplicação da BR-381/MG são o caminho mais seguro para cruzar as pistas da rodovia. As passarelas, sobre a pista, ou as passagens inferiores, sob a pista, fazem a ligação entre os bordos sem que o pedestre fique exposto ao trânsito dos veículos.

Na duplicação da BR-381/MG foram construídas e liberadas três passarelas, alocadas nas principais travessias urbanas. A primeira foi construída no km 400,8, em Moretto, município de Bom Jesus do Amparo. Já a segunda estrutura está construída no km 413,5, em Nova Aparecida (Nova União) com a terceira travessia instalada no 421,3, Travessia Urbana de Roças Novas (Caeté).