GTR apreende mais duas armas de fogo

A equipe do GTR (Grupo Tático Rodoviário), composta pelos Militares sargento Gandra; Wenderson; Aenderson e Júlio, realizavam Operação na rodovia MG434, na altura do KM 5, em Bom Jesus do Amparo, nesta sexta-feira (6) quando abordaram o veículo Ecosport, com placa do município de Guanhães, que tracionava uma carretinha reboque placa também de Guanhães, no carro estavam o motorista e um passageiro.

Durante a fiscalização dos documentos de porte obrigatório o condutor disse que seguia de Belo Horizonte para Guanhães, momento em que a equipe percebeu muito nervosismo por parte do condutor, gerando fundada suspeita.

Assim solicitando o desembarque e durante buscas foram localizaram um revólver calibre 38, capacidade de seis tiros, marca SMITH & WESSON carregado com cinco munições intactas que estava dentro do porta objetos debaixo do assento do passageiro do banco dianteiro.

Em continuidade as buscas o condutor disse que possuía mais uma arma de fogo que havia adquirido no mês de agosto desse ano e que tinha sido liberado para ele na data de ontem, que ela estava embalada dentro da caixa com os carregadores e munições. Os Militares localizaram por sobre o banco traseiro, embrulhada em papel pardo e dentro da caixa uma pistola taurus calibre 9mm modelo G2c, capacidade de 12 tiros, também quatro cartelas de 10 munições cada intactas calibre 9mm (total de 40 munições), três carregadores de pistola 9mm e um coldre de nylon. O condutor disse que vendedor da loja havia dito que a documentação da arma estava junto da caixa, porém não foi encontrado pelos Militares. Quanto ao revolver alegou que não possuía registro, e seria herança de família, que o tinha deixado no veículo por segurança devido ter filho menor de idade.

Ao final foram duas armas apreendidas, sendo um revólver Smith & Wesson calibre 38; uma Pistola Taurus G2c calibre 9mm; um total de 40 Munições intactas calibre 9mm; cinco munições intactas calibre 38; três carregadores de pistola 9mm capacidade 12 munições e um coldre de nylon para pistola.

Diante aos fatos os Militares deram voz de prisão ao condutor por porte ilegal arma de fogo/acessório/munição de uso permitido e o conduziram para Delegacia Polícia Civil de Itabira.

 

Carregadeira de 300 mil é localizada