Imagem: SEF/Divulgação

Minas sedia encontro intergovernamental de países ibero-americanos

Imagem: SEF/Divulgação

Em sua 8ª edição, evento promove discussões sobre coordenação orçamentária, financeira e fiscal.

A Secretaria de Estado de Fazenda de Minas Gerais (SEF-MG), em parceria com o Grupo de Gestores das Finanças Estaduais (Gefin) e o Foro Ibero-americano de Coordenação Orçamentária e Fiscal Intergovernamental, realiza, a partir desta quarta-feira (18/11), a 8ª edição do Encontro de Coordenação Orçamentária, Financeira e Fiscal Intergovernamental.

Criado para promover o intercâmbio de informações entre as gestões financeira, fiscal e de orçamento de dez países (Brasil, Argentina, México, Colômbia, Chile, Uruguai, Espanha, Equador, Peru e Paraguai), o encontro será 100% on-line, no formato webinar, com transmissão pela plataforma Zoom e tradução simultânea em Português, Espanhol e Inglês. A alternativa foi adotada em função dos problemas causados pela pandemia de covid-19.

A abertura do evento internacional terá a participação do governador Romeu Zema.

Programação

Durante três dias, especialistas brasileiros e estrangeiros vão debater temas focados especialmente nas áreas fiscal, de planejamento e orçamento, trocando experiências e informações necessárias à gestão eficiente da administração pública.

O secretário de Estado de Fazenda de Minas Gerais, Gustavo Barbosa, será um dos palestrantes. Segundo ele, a 8ª edição do encontro é uma excelente oportunidade de conhecer a experiência de outros países e, se possível, absorver as boas práticas que possam ser aplicadas na gestão pública estadual.

“Acho extremamente importante propor um debate mais aprofundado sobre as questões fiscais, orçamentárias e tributárias. A intenção é ouvir atentamente o que todos têm a dizer e, apesar de cada país ser regido por uma contabilidade pública própria, estudar a possibilidade de implantar alguma ideia que possa ser adaptada à nossa realidade”, analisa.

Em tempos de “novo normal”, o evento também propõe ampla discussão sobre possíveis impactos da covid-19 na economia, nas receitas e nas despesas dos países ibero-americanos. A proposta é conhecer as estratégias e ações adotadas pelos países participantes do encontro no enfrentamento da crise e na reativação da economia.

Para conferir a programação completa, fazer inscrição e garantir certificado ao final do encontro, basta acessar este link