Deputada Marília Campos é eleita prefeita de Contagem

Ela obteve 51,35% dos votos no segundo turno. Vaga na ALMG deverá ser ocupada pelo suplente Bernardo Mucida (PSB).

A deputada Marília Campos (PT) foi eleita prefeita de Contagem (Região Metropolitana de Belo Horizonte), no segundo turno das eleições municipais, neste domingo (29/11/20). Ela obteve 51,35% dos votos válidos (147.768 votos), contra 48,65% (139.987 votos) do candidato Felipe Saliba (DEM). Com a vitória, Marília Campos deixará uma vaga aberta na Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) a partir de janeiro de 2021, que deverá ser ocupada pelo 1º suplente da coligação PT/PR/PSB, o ex-vereador de Itabira (Região Central) Bernardo Mucida (PSB). Ele deverá cumprir o mandato atual, que vai até 31 de janeiro de 2023.

Marília Campos assumirá a Prefeitura de Contagem pela terceira vez – ela já havia sido eleita em 2004 e reeleita em 2008. Atualmente, ela exerce também seu terceiro mandato na ALMG, onde presidiu a Comissão Extraordinária das Mulheres (que deu origem à Comissão de Defesa dos Direitos da Mulher) e a Comissão de Participação Popular.

Advogado e cientista político, Bernardo Mucida tem 40 anos e foi vereador de Itabira (2013-2016) por um mandato. Não tentou a reeleição para concorrer à prefeitura do município, terminando no segundo lugar em 2016, com 40,73% dos votos válidos. Suas principais bandeiras são a diversificação econômica das cidades mineradoras e a construção de municípios sustentáveis. Nas eleições de 2018, recebeu 34.797 votos como candidato a deputado estadual.

Composição partidária – A substituição de Marília Campos por Bernardo Mucida também modificará a composição partidária da Assembleia. O PSB passará a ter dois deputados, enquanto o PT, a maior bancada, será representado por nove parlamentares.

Outros resultados – O deputado Professor Irineu (PSL) também disputou a Prefeitura de Contagem nestas eleições. Ele recebeu 11.271 votos no 1º turno (3,96%).

Outros sete parlamentares disputaram as prefeituras e não se elegeram. Em Belo Horizonte, se candidataram Bruno Engler (PSL), João Vítor Xavier (Cidadania) e Professor Wendel Mesquita (SD). Leninha (PT) pleiteou a prefeitura de Montes Claros (Norte de Minas) e Douglas Melo (MDB), a de Sete Lagoas (Região Metropolitana de Belo Horizonte). Delegada Sheila (PSL) concorreu em Juiz de Fora (Zona da Mata) e Delegado Heli Grilo (PSL), em Uberaba (Triângulo Mineiro).

Veja também

Bernardo Mucida assumirá vaga de Deputado defendendo diversificação econômica nas cidades mineradoras

Marília Campos é eleita prefeita e Bernardo Mucida vira Deputado Estadual