Vídeo: Bandidos voltam a assaltar banco e fazem reféns

Anúncios

Ver Mais +

Um grupo armado com fuzis assaltou um banco no município de Cametá, no Pará, na madrugada desta quarta-feira (2). Cametá tem 136 mil habitantes e fica a 235 km da capital Belém. Uma pessoa morreu, segundo o prefeito, Waldoli Valente (PSC). O episódio acontece um dia após um assalto similar em Criciúma, em Santa Catarina.

Em nota, a Secretaria de Segurança Pública do Estado do Pará (Segup) afirmou que equipes do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope), das Rondas Ostensivas Táticas Metropolitanas (Rotam), do Batalhão de Ações de Cães (Bac), da Coordenadoria de Operações e Recursos Especiais (CORE) e duas aeronaves do Grupamento Aéreo de Segurança Pública do Pará (Graesp) se deslocaram para dar apoio no município. Os suspeitos deixaram a cidade por volta de 1h30.

No Twitter, o governador do Pará, Helder Barbalho, disse já estar em contato com a cúpula da segurança pública do estado. “Não mediremos esforços para que o quanto antes seja retomada a tranquilidade e os criminosos sejam presos. Minha total solidariedade ao povo cametaense”, escreveu.

Um grupo fortemente armado provocou uma onda de assaltos a bancos em Criciúma, no sudeste de Santa Catarina, no início desta terça-feira. Os diversos vídeos publicados por moradores nas redes sociais mostram um grupo de reféns sendo conduzidos pelos criminosos e o som de muitos disparos de arma de fogo na Praça Central de Cametá, o intuito do bando é intimidar as vítimas, moradores e a Policia que indefesa não pode reagir, pois podem acertar alguma das vítimas reféns.

Confira abaixo os vários vídeos:

 

Vídeo: População cata dinheiro de assalto e explosão ao banco