Bombeiros buscam por vítimas de caminhão que caiu da Ponte Torta

Anúncios

Os Militares do Corpo de Bombeiros de Minas Gerais estão tendo muito trabalho para resgatar os corpos das vítimas do acidente com o caminhão que caiu da ‘Ponte Torta’ dentro do Rio Piracicaba, na BR381, na altura do município de João Monlevade (MG). 

O rio tem a água muito turva – escura – com isso pouca visibilidade, e na inicial dos mergulhos não foi possível perceber onde exatamente o caminhão estava apoiado. Os bombeiros estão usando o tato para tentar chegar às vítimas, que seriam quatro pessoas (todos homens).

Os cinco mergulhadores do Corpo de Bombeiros estão desde a manhã desta quinta-feira (14/01) no Rio Piracicaba. Os trabalhos seguirão até serem encontradas as quatro vítimas da queda do caminhão da ‘Ponte Torta’, na BR-381, em João Monlevade.

O acidente ocorreu na tarde desta quarta-feira (13/01), no mesmo local onde caiu em 4 de dezembro do ano passado o ônibus de turismo com 49 passageiros; 19 vieram a óbito.

Buscas

O Caminhão está a uma profundidade de 20 metros, onde a visibilidade é praticamente zero. O trabalho está sendo feito pela tato e não foi possível verificar em que posição o caminhão se encontra e se está apoiando em algo, como troncos, pedras e outros o que pode colocar em risco a vida e o trabalho dos bombeiros.

 

Quatro pessoas estão desaparecidas na queda de Caminhão na Ponte Torta

Vídeo: Ônibus destruído sendo rebocado