FCCDA inova para criar diálogo com a classe artística

Acom/FCCDA

A Fundação Cultural Carlos Drummond de Andrade convida os artistas a se inscreverem no CADASTRO MUNICIPAL DE CULTURA. A ação tem por objetivo mapear os agentes e o setor artístico-cultural de Itabira — incluindo artistas, produtores, técnicos e demais profissionais da área, assim como os espaços, instituições e empresas que atuam nesse mercado, com o objetivo de aproximar os artistas itabiranos da fundação.

Acom/FCCDA

O município poderá utilizar-se do referido cadastro para agilizar convocações artísticas, editais, eventos, apresentações e outros, bem como, disponibilizá-lo no site oficial ou em publicações nos diários oficiais adotados pela elegibilidade. Dentro do cadastro, terá um questionário para avaliar o relacionamento dos artistas com a FCCDA e todos os interessados (pessoas físicas e jurídicas/MEI) podem se cadastrar, desde que sejam Itabiranos ou residam em Itabira.

Para o superintendente da FCCDA, Marcos Alcântara, entender a cena cultural e seu descobrimento norteará a fundação em suas ações, fazendo assim de forma plural o fomento e a universalização da cultura. “Iremos trabalhar para fomentar as manifestações artísticas-culturais em todas as potencialidades. E queremos disponibilizar ao setor oportunidades de integração e capacitação” afirma Alcântara.

Link para o formulário: https://forms.gle/jhpJ1UWSjtSQTHM59