Fotos: Átila Lemos

Vídeo: Santa Maria decreta estado de calamidade pública

Fotos: Átila Lemos

A prefeitura de Santa Maria de Itabira (MG) decretou situação de calamidade pública em decorrência da tragédia causada pelas chuvas. Na madrugada de domingo (21/2) um temporal caiu sobre a cidade destruindo ruas, pontes, casas, alagando vias, arrancando árvores e tombando veículos. Houve deslizamento de terra e soterramento. O hospital também foi alagado.

Seis pessoas morreram e várias ficaram desabrigadas ou desalojadas. A última vítima fatal a ser encontrada foi um menino de apenas cinco anos.O prefeito Reinaldo das Dores Santos (PSD) assinou o decreto na manhã desta segunda-feira (22). Devido a gravidade da situação no município e urgência, foi utilizada até uma cadeira (como se fosse mesa) durante a assinatura do documento.Reinaldo também foi uma das vítimas da tragédia que devastou a cidade. Durante o forte temporal ele teve a casa invadida pela força das águas, sobrando apenas um televisor no imóvel.

Segundo a Defesa Civil Estadual, 129 famílias estão desalojadas e 32 desabrigadas. Os desalojados foram encaminhados para abrigos ou casas de parentes e amigos.

Para os próximos dias há previsão de mais chuva para Santa Maria de Itabira. Como o solo já está encharcado, o prefeito teme novos deslizamentos ou que outras famílias também precisem ser retiradas de suas casas.

Doações
Neste momento os itens de maior necessidade são: produtos de limpeza e higiene pessoal, colchões e roupas de cama. As doações podem ser entregues no Centro Cultural ou na prefeitura de Santa Maria. O número de telefone disponibilizado para contato é o (31) 3838-1209.

Veja nos links abaixo todas as matérias relacionadas

Itabira mantém auxílio a Santa Maria; saiba o que é prioridade

São Gonçalo incentiva doação às vítimas de Santa Maria

Romeu Zema vistoria ações de assistência em Santa Maria