Prefeito oferece apoio para ampliar atendimento do Combem

Acom/PMI
Anúncios
Acom/PMI

O prefeito Marco Antônio Lage esteve na sede do Conselho Municipal do Bem-Estar do Menor (Combem) na tarde desta quarta-feira (24). Recepcionado pelo presidente Jorge Martins Borges e funcionários da entidade, o chefe do Executivo municipal conheceu a estrutura e os projetos sociais desenvolvidos pelo Combem ao longo dos 45 anos de existência. Também participaram da visita o vereador José Júlio Rodrigues (Júlio do Combem), os secretários municipais Elson Alípio Júnior (Ação Social) e Gabriel Quintão (Governo) e a superintendente de Gestão do Sistema Único de Assistência Social (SUAS), Kerley Raidan Ferreira.

“O Combem tem uma grande história. Queremos mostrar ao prefeito e sua equipe o que a entidade faz e os resultados gerados. A presença do prefeito aqui é importante para nós, pois sabemos do currículo dele e as realizações na área social”, afirmou Jorge Borges. Na oportunidade, também foi assinado um termo aditivo com o Combem para acolhimento institucional de crianças e adolescentes, apoiando a Prefeitura neste atendimento.

Marco Antônio Lage ressaltou que o trabalho desenvolvido pelo Combem precisa de estímulos para crescer e que é importante uma maior participação da iniciativa privada. No momento, a entidade atende 9 crianças e adolescentes na Casa Lar, 240 no projeto Revitalizarte e 310 crianças nos Centros de Educação Infantil conveniados com a Prefeitura.

“O trabalho desenvolvido aqui significa a inclusão social e a inserção de crianças e adolescentes, sobretudo em condições vulneráveis, em um processo de educação além da escola profissional. Tenho uma experiência pessoal nessa área de desenvolvimento humano e queremos trocar ideias, criar projetos novos, ampliar a atuação do Combem e de outras instituições existentes em Itabira. Não haverá uma cidade mais justa e sustentável se não cuidarmos de nossas crianças e adolescentes hoje e se não diminuirmos o abismo social que há em nosso município”, concluiu o prefeito.

Veja também

Itabira: Idosos com mais de 88 anos já podem se vacinar