Mucida pede que desalojados de Santa Maria tenham prioridade na imunização

Anúncios

O deputado estadual Bernardo Mucida (PSB) pediu nesta quarta-feira (24) ao governador Romeu Zema que priorize a vacinação contra a Covid-19 das cerca de 130 famílias desalojadas em Santa Maria de Itabira (MG), em decorrência das fortes chuvas que atingiram o município nos últimos dias. Além de solicitar mais atenção do governador na reconstrução da cidade, o deputado demonstrou sua preocupação com a saúde destas famílias que, em razão do desastre, estão alojadas no mesmo espaço.

Mucida esteve em Santa Maria nos últimos dias e acompanhou de perto o drama vivido pelas famílias que perderam seus bens materiais, mas principalmente, viu a tristeza daqueles que perderam parentes no desastre. Ao todo, foram seis mortes contabilizadas devido ao deslizamento de terra em alguns bairros da cidade.

“Infelizmente nós estamos com quase 130 famílias desalojadas, morando em uma escola, fazendo refeições juntos, dormindo juntos e, é óbvio que diante desta circunstância é muito maior o risco de transmissão dessa doença. A gente precisa da ação efetiva e rápida do Governo para auxiliar o município de Santa Maria”, reiterou o deputado.

Infraestrutura – Devido às fortes chuvas e os danos causados pelos deslizamentos de terra, a infraestrutura de Santa Maria de Itabira ficou danificada. Bernardo Mucida pediu mais uma vez a intervenção do governador Romeu Zema na reconstrução da cidade.

“É um município pequeno, que não tem condições de ser reconstruído senão com o apoio do Governo do Estado de Minas. Em um bairro inteiro as famílias perderam tudo. Eu caminhei na lama com as famílias, as pessoas estavam tirando seus móveis, colchões, suas roupas, brinquedos de meninos… numa cena de guerra, de doer o coração”, lamentou o deputado.

Fotos: Guilherme Dardanhan/ALMG 
Vídeo: TV Assembleia

Veja também

Itabira disponibiliza estrutura para atender moradores de Santa Maria

Prefeitura de São Gonçalo envia primeiras doações a Santa Maria

Prefeito de Santa Maria, Reinaldo Santos, pede ajuda à população