Ex-deputado Pinduca morre por complicações da Covid-19

Anúncios

Ele tinha 68 anos e exerceu o mandato na Assembleia Legislativa em cinco legislaturas.

O ex-deputado Pedro Ivo Ferreira Caminhas, o Pinduca, morreu neste domingo (11/4/21), em Betim (Região Metropolitana de Belo Horizonte), em decorrência de complicações da Covid-19. Ele tinha 68 anos de idade e estava internado desde o dia 24 de março, no Hospital da Unimed. O sepultamento será nesta segunda-feira (12), às 9 horas, no Cemitério Nossa Senhora do Carmo, também em Betim. Não haverá velório. Uma carreata sairá da Rua Dr. Romeu Lages, 208, no bairro PTB, até o cemitério.

Pinduca assumiu o mandato de deputado na Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG), pela primeira vez, na 14ª Legislatura, em 4/1/01, na vaga aberta pelo deputado Ronaldo Canabrava. Foi reeleito para as 15ª, 16ª e 17ª Legislaturas, entre os anos de 2003 e 2015. Entre 22/6 e 20/11/16, já na 18ª Legislatura, assumiu como suplente do deputado Fábio Cherem, no período em que este foi secretário de Estado de Desenvolvimento Econômico.

Na ALMG, integrou as Comissões do Trabalho, da Previdência e da Ação Social, de Assuntos Municipais e Regionalização, de Redação e de Segurança Pública.

Natural de Araçuaí (Vale do Jequitinhonha), Pinduca era comerciante. Ele tinha como principal área de atuação política a Região Central, sobretudo o município de Betim, do qual foi vereador por dois mandatos, entre 1992 e 2000.

Pinduca deixa esposa e cinco filhos.