Índio com pescoço perfurado por bico de ave pilota 9 km

Anúncios

Motociclista foi atingido por pássaro, que ficou presa e só foi removida quando chegou na aldeia da vítima.

Um jovem indígena percorreu uma distância de nove quilômetros após ter o pescoço perfurado pelo bico de um pássaro na cidade de Barra do Bugres , no estado do Mato Grosso . Ao ser atingido, ele estava fora de sua aldeia e precisou voltar para casa sozinho enquanto estava ferido para buscar ajuda. As informações são do G1 Mato Grosso.

O incidente ocorreu no último sábado (24), quando Eik Júnior Monzilar Parikokoriu, de 23 anos, andava de moto em uma estrada vicinal na região da aldeia Águas Correntes.
De acordo com o indígena, ele acabado de realizar um trabalho como artesão na cidade e retornava para a aldeia. Em um momento da viagem, ele parou para aguardar a poeira baixar depois que um carro havia passado pelo local, mas assim que saiu uma ave bicou sua garganta.

Ele seguiu a viagem com o pássaro preso ao corpo e só foi atendido quando chegou em sua aldeia. Após os primeiros socorros prestados pela família, ele foi levado para atendimento na Unidade Básica de Saúde. Foi só na UBS que o animal foi removido. “Cheguei a desmaiar e a buscar ar”, contou Eik.

Depois de ser atendido na unidade básica, Eik foi levado de ambulância até a Unidade de Pronto Atendimento de Barra do Bugres.
Após o susto, Eik fez um alerta e agradeceu a vida. “Temos que andar com todo o equipamento de segurança necessário e precisamos valorizar a vida”, disse, emocionado.

Após o incidente, a ave morreu e o indígena disse que ficará com a carcaça para ter uma recordação da nova chance que teve.

Fonte: Ultimosegundo