Itabira vacina profissionais de saúde, balconistas e atendentes de farmácia

Anúncios

Itabira vacina na próxima semana profissionais de saúde, incluindo balconistas e atendentes de farmácia. Os profissionais serão imunizados nos dias 28 e 29 de junho com a primeira dose da vacina CoronaVac.

A Prefeitura de Itabira imuniza, na próxima semana, com a primeira dose da CoronaVac, profissionais de saúde que ainda não receberam a vacina contra a Covid-19. Estão incluídos nesta etapa da vacinação balconistas e atendentes de farmácia. Para receber a vacina, os profissionais deverão apresentar a carteira de registro de classe, comprovante de vínculo profissional e ter feito o cadastro no site da Prefeitura.

A imunização acontece nos drive-thrus da Funcesi e da Prefeitura, nos dias 28 e 29 de junho, segunda e terça-feira, no horário de 9h às 16h.

Têm direito à imunização todos os profissionais de saúde que atuam em espaços e estabelecimentos de assistência e vigilância à saúde, sejam eles: clínicas, consultórios, laboratórios e drogarias. São considerados grupo prioritário profissionais como médicos, enfermeiros, fisioterapeutas, farmacêuticos, odontólogos, fonoaudiólogos, terapeutas ocupacionais, biólogos, biomédicos, nutricionistas, psicólogos, e seus respectivos técnicos e auxiliares (auxiliar de saúde bucal, técnico de saúde bucal, técnico de enfermagem, técnico de radiologia).

Não entram no grupo prioritário, por exemplo, médicos veterinários que atuam em estabelecimentos de saúde animal; educadores físicos que atuam em academias; e assistentes sociais que não trabalham com assistência à saúde. Portanto, esses profissionais não serão imunizados neste momento.

Ainda segundo a SMS, a expansão da vacinação para todos os trabalhadores da saúde dos estabelecimentos de assistência e vigilância será feita de forma gradativa, conforme disponibilidade de vacinas e risco de adoecimento do trabalhador, em função de sua atividade. Os profissionais que atuam na assistência direta ao paciente são considerados prioritários.

Campanha “Vacinação Solidária”

A campanha que arrecada alimentos não perecíveis para famílias em situação de vulnerabilidade social, “Vacinação Solidária, continua nos drive-thrus da Prefeitura e da Funcesi. Vale lembrar que as doações não são pré-requisito para a vacinação, a contribuição é espontânea. A iniciativa é uma parceria entre a Prefeitura, Funcesi e Conselho Municipal do Bem-Estar do Menor (Combem). Os alimentos arrecadados serão direcionados à Secretaria de Assistência Social (SMAS) para repassar às famílias cadastradas.

Veja também 

Em 24hs Minas teve 170 mortos e mais de 4 mil infectados pelo Covid-19

Projeto do rio Tanque tem definições sobre ponto de capitação