O webinário acontece no Dia de Minas Gerais, data que remonta ao marco do povoamento de Mariana, primeira capital do Estado - Arquivo ALMG - Foto: Guilherme Dardanhan

ALMG promove webinário virtual no Dia de Minas Gerais

Anúncios

ALMG promove webinário virtual no Dia de Minas Gerais. Debate sobre formação do povo mineiro e lançamento de livro na sexta (16) integram programação dos 300 anos do Estado.

O webinário acontece no Dia de Minas Gerais, data que remonta ao marco do povoamento de Mariana, primeira capital do Estado – Arquivo ALMG – Foto: Guilherme Dardanhan

A Assembleia Legislativa do Estado de Minas Gerais (ALMG) realiza nesta sexta-feira (16/7/21), a partir das 10 horas, em conjunto com instituições parceiras, o webinário “Formação do Povo Mineiro: as Diversas Faces de um Mosaico em Construção”. O objetivo do evento é promover a discussão em torno da formação do povo, da história e do desenvolvimento econômico do Estado.

O evento, uma mesa redonda que acontecerá na modalidade virtual e será transmitido pelo canal da ALMG no YouTube, será aberto com um pronunciamento do presidente do Parlamento mineiro, deputado Agostinho Patrus (PV).

Lançamento do livro-reportagem será nesta sexta (16) 

Lançamento do livro-reportagem será nesta sexta (16)Foto: Ricardo Barbosa

Além dos debates, está previsto também o lançamento do livro-reportagem “1720-2020: livro-reportagem das comemorações do tricentenário de Minas Gerais”, do jornalista Américo Antunes. A publicação narra os principais acontecimentos da programação comemorativa dos 300 anos de Minas Gerais pela ALMG.

Além de jornalista e escritor, Américo Antunes é o idealizador do Festival de História (fHist), já em sua sexta edição bienal. Também presidiu o Sindicato dos Jornalistas Profissionais de Minas Gerais (SJPMG) e a Federação Nacional dos Jornalistas (Fenaj). Ele será acompanhado na mesa redonda por Vanicléia Silva Santos, curadora associada da Coleção de Arte Africana do Penn Museum. Está licenciada da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), onde é professora associada de História da África Pré-colonial no Departamento de História.

Dia de Minas – O dia 16 de julho, quando acontece o evento, é considerado o Dia de Minas Gerais, data que remonta ao marco do povoamento da cidade de Mariana (Central), primeira capital do Estado e cidade considerada o berço da civilização mineira.

Instituído pela Lei 7561, de 1979, o Dia de Minas Gerais lembra a data da chegada, na região de Mariana, da bandeira chefiada pelo coronel Salvador Fernandes Furtado de Mendonça, bandeirante que se destacou na descoberta do ouro. Por este motivo, todo dia 16 de julho a capital do Estado é transferida simbolicamente para o município de Mariana, por meio de decreto do Executivo.

O webinário integra uma extensa programação organizada pela ALMG, em parceria com instituições públicas de nosso Estado, para celebrar os 300 anos de criação de Minas Gerais, completados oficialmente em 2 de dezembro de 2020. Em 2 de dezembro de 1720, a Capitania de São Paulo e Minas do Ouro foi desmembrada pela Coroa Portuguesa, sendo criada a Capitania de Minas, que se tornou conhecida como Minas Gerais.

Dentre as ações desenvolvidas pela Assembleia destaca-se a coleção “300 anos de Minas Gerais”, composta por três publicações: “Nossa Comida Tem História”, de José Newton Coelho Meneses (organização), “Minas Gerais. Visão de conjunto e perspectivas”, de João Antônio de Paula, ambas já publicadas no segundo semestre de 2020; e agora o livro-reportagem de Américo Antunes, a ser lançado durante o webinário.

Discussão – Quanto ao evento desta sexta (16), a proposta é que, além de marcar o lançamento do livro-reportagem, ele fomente a discussão em torno de um tema tão relevante na história de Minas Gerais, por vezes marginalizado: a contribuição dos povos originários e dos povos africanos na formação da identidade e história do povo mineiro e sua influência no desenvolvimento econômico do Estado.