Memorial Vale recebe show “Degrau da Sanfona”, neste sábado e domingo

Anúncios
Memorial Vale recebe show “Degrau da Sanfona” com shows na escadaria externa, neste sábado e domingo

Dias 25 e 26 de junho, sábado e domingo, sempre às 11h, na escadaria externa do Memorial Vale acontecem os pockets shows “Degrau da Sanfona”, com Toninho Ferragutti (SP) e Marcelus Anderson (MS), dia 25; e com Toninho Ferragutti (SP), dia 26. As apresentações integram a programação do Festival Sotaques da Sanfona Brasileira, que tem direção de Giselle Goldoni Tisoe e curadoria de Toninho Ferragutti.

Em sua 1ª edição, o Festival reúne alguns dos maiores sanfoneiros do país e homenageia Luiz Gonzaga, em programação gratuita com shows, palestras e workshops, na Praça de Santa Tereza, no período de 24 a 26 de junho, com o patrocínio do Instituto Cultural Vale. Programação em instagram.com/sotaquesdasanfona/ .

O Memorial Vale, um dos espaços culturais do Instituto Cultural Vale, fica na Praça da Liberdade, em Belo Horizonte, e tem entrada gratuita.

Toninho Ferragutti é um dos maiores músicos do país e apaixonado confesso pelo instrumento. “A sanfona, também chamada de gaita no Sul, integra a alma musical brasileira. Ela ajuda a escrever e iluminar a música popular das diversas regiões do Brasil. A sua grande beleza é ser um dos instrumentos de principal protagonismo na nossa música popular”, pontua. 

Marcelus Anderson/Foto: Kauan Baraúna

Marcelus Anderson é compositor e acordeonista, nascido em Aquidauana (MS), iniciou seu caminho musical com um acordeon de 48 baixos que ganhou de seu avô aos 8 anos de idade.  Nascido e criado no Pantanal Sul, tomou gosto e se identificou com a cultura Pantaneira. Trabalhou durante 12 anos com o grande artista Pantaneiro Almir Sater. Percorreu o Brasil inteiro levando a cultura Pantaneira com sua sanfona. Trabalhou com artistas de extrema importância para a música popular brasileira, tais como Sérgio Reis, Renato Teixeira, Almir Sater, entre outros. Participou de gravações de inúmeros artistas do meio sertanejo, como Michel Teló, Jads e Jadson, Marcos e Belutti, Henrique e Eduardo, Victor e Léo, Fernando e Sorocaba e muitos outros artistas de grande expressão nacional. Seu trabalho mais recente foi gravando acordeon e violão para as trilhas da novela Pantanal, da Rede Globo. Também participou de cenas da novela acompanhando o personagem Eugênio (Almir Sater), em festas na fazenda de Zé Leôncio (Marcos Palmeira). 

Toninho Ferragutti é músico, compositor e arranjador, nasceu no interior do Estado de São Paulo, onde foi incentivado pelo pai, Pedro Ferragutti, também músico saxofonista e compositor de valsas, choros, dobrados e marchas. Em mais de 35 anos de carreira bem-sucedida, participou de shows e álbuns de importantes artistas no Brasil e exterior, como Gilberto Gil, Edu Lobo, Antonio Nóbrega, Elba Ramalho, Mônica Salmaso, Geraldo Azevedo, Zé Ramalho, Chico Cesar, Sivuca, Dominguinhos, Oswaldinho do Acordeon, Lenine, Paulo Moura, Marisa Monte, Elza Soares e muitos outros. Também já tocou com diversas orquestras sinfônicas como a OSESP (Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo). Tem 15 álbuns solo e em parceria, recebeu diversos prêmios e indicações ao Grammy Latino. É professor, promove oficinas musicais em sua casa, e é devoto de Dominguinhos, Hermeto Pascoal e Gilberto Gil.

Toninho Ferragutti (por Tarita de Souza)

Serviço: Memorial Minas Gerais Vale 

Endereço: Praça da Liberdade, nº 640, esquina com Rua Gonçalves Dias, Savassi 

Funcionamento – Terça, quarta, sexta e sábado: das 10h às 17h30, com permanência até as 18h.

Quinta, das 10h às 21h30, com permanência até as 22h.

Domingo, das 10h às 15h30, com permanência até as 16h

Memorial Minas Gerais Vale

O Memorial Minas Gerais Vale, um dos espaços culturais do Instituto Cultural Vale, já recebeu mais de 1,1 milhão de pessoas, de todos os lugares do Brasil e de outros continentes. São mais de 1.600 eventos realizados e cerca de 200 mil pessoas em visitas mediadas. Integra o Circuito Liberdade, em Belo Horizonte, um dos maiores complexos de cultura do Brasil. Caracterizado como um museu de experiência, com exposições que utilizam arte e tecnologia de forma intensa e criativa, é um dos vencedores do Travellers’ Choice Awards do TripAdvisor. Na curadoria e museografia de Gringo Cardia, cenários reais e virtuais se misturam para criar experiências e sensações que levam os visitantes do século XVIII ao século XXI. Mais que um espaço dedicado às tradições, origens e construções da cultura mineira, o Memorial é um lugar de trânsito e cruzamento entre a potência da história e as pulsações contemporâneas da arte e da cultura, onde o presente e o passado estão em contato direto, em permanente renovação. É vivo, dinâmico, transformador e criador de confluências com artistas independentes e com diversos segmentos da cultura mineira.

Veja também

Instituto Cultural Vale: produtores culturais podem se inscrever até o dia 30