Mutirão: Câmara de Monlevade emite 700 identidades em dois dias

Fotos: Acom/CMJM

Mutirão da Câmara de João Monlevade emite mais de 700 documentos em dois dias

Fotos: Acom/CMJM

Nesse sábado e domingo (17 e 18/02) a Câmara Municipal de João Monlevade promoveu um grande mutirão para emissão da nova carteira de Identidade (CIN), com apoio da Polícia Civil do Estado, por meio do Delegado Regional de Polícia Civil Dr. Bernardo de Barros Machado, que está à frente da 4ª DRPC João Monlevade.

Além dos servidores do Posto de Identificação da Câmara de João Monlevade, o mutirão também contou com os identificadores das cidades de Bela Vista de Minas, Nova Era, Rio Piracicaba e São Domingos do Prata.

Alice Vitória, de 12 anos e a mãe Adélia

Ao todo foram emitidas 736 identidades. Este foi o segundo maior mutirão realizado pela Câmara. No ano passado, durante o Cidadão Legal, foram feitos quase mil documentos.

Os atendimentos foram realizados por ordem de chegada respeitando as prioridades estabelecidas por lei, para idosos, gestantes, pessoas com criança de colo, pessoas portadoras de necessidades especiais, entre outros. Todos passaram por uma triagem para conferência dos documentos antes de iniciarem o processo de emissão da carteira.

Moacir dos Santos de 84 anos e sua filha Soraya

O mutirão recebeu elogios dos participantes, que saíram satisfeitos com o atendimento, como destacado pela Soraya Antônia dos Santos. Ela estava acompanhando o pai, o senhor Moacir dos Santos de 84 anos. “Meu pai precisava do novo documento já que atualmente ele não assina. Esta foi uma oportunidade para atualizar a identidade. Ficamos felizes com o atendimento”.

A jovem Alice Vitória, de 12 anos, também compareceu ao mutirão para emitir o documento. Ela estava acompanhada da mãe, Adélia Lourenço da Silva, do bairro Cidade Nova. Segundo Adélia a filha é autista e há um tempo vinham tentando obter a identidade. “Achei muito bom o mutirão, já que eu não conseguia fazer o agendamento online. Fomos muito bem orientadas e recebemos o atendimento na fila de prioridades, já que minha filha é autista. Estão todos de parabéns”.

Para o presidente da Casa, Fernando Linhares (União), o mutirão representou uma oportunidade para atender a alta demanda pelo documento. “Infelizmente o Posto da Câmara não dispõe de recursos estruturais nem humanos para atender a toda procura diária pela identidade. O mutirão foi pensado para que o cidadão tivesse acesso facilitado a este importante documento”.

Linhares ainda destacou que o empenho dos profissionais foi essencial para garantir o sucesso do evento. “A gente esperava um grande público, mas o número superou nossas expectativas. Quero parabenizar a toda equipe da Câmara pelo empenho e dedicação para atender a todos os cidadãos que nos procuraram. Agradeço aos identificadores das cidades de Bela Vista, Nova Era, Rio Piracicaba e São Domingos do Prata que se juntaram a nós neste mutirão. Agradeço também ao apoio da Polícia Militar e à Polícia Civil, em nome do delegado Dr. Bernardo de Barros. Deixo em especial meu agradecimento à população que compareceu ao mutirão”.