Itabira tem 20 óbitos investigados e dois confirmados por Dengue

A Secretaria Municipal de Saúde, por meio do Controle de Endemias, divulgou neste (25/03), um novo Boletim Epidemiológico referente à Dengue, até o dia 24/03. Segundo as informações, a cidade registra 25.667 notificações, 17.879 casos em investigação, casos positivos 7.788 e 77 pacientes estão internados. Óbitos em investigação somam 20 e 2 casos confirmados.

 

Itabira tem se destacado em Minas Gerais, com números de pacientes diagnosticados com a Dengue, mesmo com uma série de ações tomadas pelo município.

Sintomas

A transmissão da dengue acontece durante a picada da fêmea do mosquito Aedes aegypti infectado com o vírus. Após a picada, os sintomas podem aparecer em até 15 dias. Normalmente, a primeira manifestação da dengue é febre alta (39°C a 40°C) que dura de dois a sete dias, acompanhada de dor de cabeça, fraqueza, dores no corpo, nas articulações e no fundo dos olhos. Podem ocorrer manchas que atingem a face, tronco, braços e pernas. Perda de apetite, náuseas e
vômitos também podem ocorrer. Em casos de sintomas é importante procurar atendimento médico.

Dicas importantes!

1 – Mantenha bem tampados: caixas, tonéis e barris de água.

2 – Coloque o lixo em sacos plásticos e mantenha a lixeira sempre bem fechada.

3 – Não jogue lixo em terrenos baldios.

4 – Se guardar garrafas de vidro ou plástico, mantenha sempre a boca para baixo.

5 – Não deixe a água da chuva acumular sobre a laje.

6 – Encha os pratinhos ou vasos de planta com areia até a borda.

7 – Se guardar pneus velhos, retire toda a água e mantenha-os em locais cobertos, protegidos da chuva.

8 – Limpe as calhas com frequência, evitando que galhos e folhas possam impedir a passagem da água.

9 – Lave com frequência, com água e sabão, os recipientes usados para guardar água, pelo menos uma vez por semana.

10 – Os vasos de plantas aquáticas devem ser lavados com água e sabão, toda semana. É importante trocar a água desses vasos com frequência.

Denúncias

Unindo forças e contribuindo com a fiscalização, o Controle de Endemias de Itabira orienta para as denúncias em relação ao descarte de lixo em terrenos baldios ou demais situações que culminam em criadouros para o mosquito da dengue. Todas as situações relacionadas devem ser relatadas através do telefone 31 3839-2600 e 3839-2643.

Veja também

Vamos participar: Mutirão de Combate à Dengue