PCMG prende suspeito de duplo homicídio em aniversário

Fotos: PCMG/Divulgação

PCMG prende suspeito de duplo homicídio em aniversário

Fotos: PCMG/Divulgação

Após intenso trabalho investigativo, a Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) efetuou a prisão preventiva de um homem, de 26 anos, suspeito de executar dois jovens, de 18 e 20, durante uma comemoração de aniversário, em Contagem, Região Metropolitana de Belo Horizonte (RMBH), em meados do ano passado. O alvo, que estaria se escondendo no Rio de Janeiro, foi detido na última sexta-feira (29/3), quando retornou à cidade da RMBH.

O duplo homicídio ocorreu no bairro Estância Imperial, em 29 de julho de 2023. De acordo com o delegado Ítalo Fernandes de Almeida, da Delegacia Especializada de Homicídios (DEH) em Contagem, o suspeito compareceu à festa com um dos convidados e não teria se sentido bem recebido pelas vítimas.

“Ele, então, sacou a arma, pediu para que todos levantassem suas camisas para ver se estavam armados, e efetuou disparos”, detalha, ao completar que “todas as testemunhas ouvidas foram firmes em dizer que não havia motivo nenhum para o cometimento do crime. Foi simplesmente porque não foram simpáticos à presença do autor”.

Prisão

Ítalo Almeida informa que, após os levantamentos policiais, a equipe de investigação conseguiu identificar o suspeito do crime, e a PCMG representou à Justiça pelo mandado de prisão, deferido em outubro. “Cientes de que ele estava escondido no Rio de Janeiro, especificamente no Complexo da Maré, começamos a monitorá-lo, inclusive com o apoio da Polícia Civil daquele estado”, conta.

Ainda segundo o delegado, o investigado é de Minas Gerais, tem familiares na região de Contagem, e, há algum tempo, se mudou para o Rio de Janeiro, onde também é suspeito de envolvimento na criminalidade. Os policiais da DEH receberam a informação de que o alvo estaria no município da RMBH para passar o feriado de Páscoa e, depois de levantarem o endereço, foi realizada a prisão, com apoio da Coordenação de Apoio Policial (CAP) da PCMG.

Na ocasião do cumprimento do mandado, a equipe policial localizou, na mala de viagem do suspeito, uma barra de cocaína e uma pistola 9 mm carregada e com numeração raspada, motivo pelo qual ele foi autuado em flagrante por tráfico de drogas e porte ilegal de arma de fogo de uso restrito. Houve, ainda, a apreensão de um veículo clonado, estacionado na garagem do apartamento no qual o investigado foi preso, que será objeto de investigação. Quanto à execução dos jovens, Almeida explica que o suspeito responderá pelo crime de duplo homicídio qualificado por motivo fútil e recurso que impossibilitou a defesa da vítima.

Histórico

O delegado informa que, além do crime em Contagem, o investigado é suspeito de um triplo homicídio em Betim, na RMBH, ocorrido em 2017, quando duas adolescentes foram mortas e uma terceira sobreviveu após fingir ter morrido. No Rio de Janeiro, ele também é suspeito de cometer homicídio e de integrar uma organização criminosa. “O alvo ainda é envolvido em tráfico de drogas, e a investigação demonstrou que ele fornece armas para facções criminosas em Contagem”, completa Almeida.

O suspeito foi encaminhado ao sistema prisional e se encontra à disposição da Justiça.

Veja também

Operação Colt tem como alvo roubos cometidos em Montes Claros

Semana Santa: Feriado foi menos violento nas estradas de Minas