Homenagem aos policiais civis por empenho nas funções em Minas

Divulgação/PCMG

PCMG homenageia policiais civis por empenho em suas funções por Minas Gerais

Na data em que se comemora o Dia do Policial Civil no Brasil, 10 de maio, a Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) promoveu a entrega do Troféu “O Tira”, concedido a policiais civis da ativa que se destacaram no exercício de suas funções e serviços prestados à sociedade, e do Diploma de Honra ao Mérito “Delegado José de Alencar Rogêdo”, em reconhecimento a servidores aposentados que dedicaram grande parte de suas vidas à instituição.

evento aconteceu na tarde de hoje, no Auditório JK, na Cidade Administrativa, em Belo Horizonte. Ambas as homenagens prestam-se a celebrar os policiais civis que, com seu empenho, contribuíram para o bem-estar do povo mineiro e deixaram sua marca na história da PCMG. Neste ano, receberam o Troféu 57 servidores atuantes nas carreiras de delegado, escrivão, investigador, perito criminal e médico-legista. Já o Diploma foi direcionado a 50 agraciados.

Divulgação/PCMG

A solenidade foi um momento de reencontro e confraternização de colegas. Representando os agraciados com o Diploma de Honra ao Mérito, o delegado aposentado Heli Geraldo de Andrade, dirigiu-se aos homenageados referenciando-os como “veteranos” e relembrou da trajetória e dos desafios enfrentados. Já a corregedora-geral da PCMG, Elizabeth de Freitas Assis Rocha, em nome daqueles que receberam o Troféu destacou: “esse reconhecimento é de todos os policiais civis que diariamente arriscam suas vidas em prol do bem comum”.

Direcionando-se aos homenageados, a chefe da instituição, delegada-geral Letícia Gamboge, manifestou a satisfação em realizar a outorga das condecorações. “Este dia de hoje é motivo de orgulho, de alegria, e principalmente razão para reverenciarmos todas as senhoras e todos os senhores que sempre fizeram e ainda fazem a Polícia Civil de Minas Gerais como a melhor Polícia Civil do Brasil”, encerrou, parabenizando a todos os policiais civis pelo seu dia.

Prestigiaram o evento, entre outros convidados e familiares dos agraciados, representantes do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-MG), da Polícia Militar (PMMG), do Corpo de Bombeiros Militar (CBMMG), da Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp-MG) e de parlamentares.

“O Tira”

O Troféu “O Tira” foi instituído por meio da Resolução nº 6.593, de 2 de julho de 2002. A honraria é concedida apenas uma vez por policial. A chancela dos nomes é feita pelo Conselho Superior da Polícia Civil, que leva em consideração, por exemplo, o histórico do profissional, a ética e a dedicação dos indicados pelas respectivas chefias.

A estrutura é confeccionada em metal e utiliza a figura estilizada do policial que ficou conhecido como “O Tira”, contendo em sua base o nome do agraciado. Há, também, a inscrição “Ao comemorar seu aniversário de criação no Brasil, a Polícia Civil homenageia aqueles que ajudam a fazer a sua história”.

Diploma

O Diploma de Honra ao Mérito foi instituído pelo Conselho Superior da PCMG em 20 de abril de 1988, tendo sido formalizado pela Resolução nº 6.803, de 3 de março de 1995. A honraria leva o nome do delegado José de Alencar Rogêdo, já falecido, como reconhecimento a quem, como policial e ocupante de vários cargos de direção na instituição, dedicou o melhor de sua existência em favor da Polícia Civil de Minas Gerais.

Veja também

Violência contra a mulher: MPMG participa de ação na ALMG

Polícia Rodoviária apreende 9,8kg de maconha

Homem é preso pela PF acusado de armazenar vídeos de abuso sexual