Google Maps

Aprovado instauração de CPI para investigar Itaurb

Anúncios

Vereadores aprovam instauração de CPI para investigar Itaurb. O requerimento foi apresentado pelo vereador Sebastião Ferreira Leite Tãozinho (Patriota) e aprovado por unanimidade.

Google Maps

A Câmara Municipal de Itabira aprovou nesta terça-feira (11) a instauração de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar a situação financeira e contábil da documentação da Itaurb – Empresa de Desenvolvimento de Itabira. O requerimento foi apresentado pelo vereador Sebastião Ferreira Leite “Tãozinho” (Patriota) e aprovado por unanimidade.

O autor da proposta pede que sejam investigados o balanço contábil, DRE e DMPL, apuração das movimentações financeiras anuais, aportes de empréstimos, processos trabalhistas, reintegração dos funcionários frente aos processos trabalhistas, análise dos contratos com terceirizados, receita e despesa com ênfase na arrecadação dos valores de limpeza e dos materiais da segregação em função da coleta seletiva referente aos últimos 12 anos.

“Ao longo das administrações públicas houve pedidos do Executivo de amparo legislativo para recuperação da empresa, com a aprovação de projetos de concessão de empréstimos.
A Itaurb é, e sempre foi, referência em seu campo de atuação – seja na forma de gestão e/ou na sua prestação de serviços – servindo inclusive de modelo para outros municípios em âmbito nacional’, destacou Tãozinho Leite.

O autor do requerimento que pede a instauração da CPI lembrou que a Itaurb acumula dívidas superior a R$ 80 milhões, incluindo o passivo trabalhista. Para êxito dos trabalhos da CPI, a Câmara convocará servidores efetivos, terceirizados e comissionados e de ex-funcionários da Itaurb.

Memória

Na legislatura passada, o vereador Weverton Leandro Andrade Santos “Vetão” (PSB) também protocolou um requerimento pedindo a instauração de uma CPI para investigar a Itaurb.No entanto, a investigação não foi adiante uma vez que o então presidente não liberou recursos para a contratação de empresa de consultoria contábil para assessorar os vereadores na CPI.

“Eu me sinto feliz por ser dada agora sequência a um trabalho que foi inviabilizado na gestão passada. A Câmara não medirá esforços para a CPI ter sucesso, com contratação de serviço contábil, auditoria externa, o que for necessário para que a real situação financeira da Itaurb se torne pública”, assegurou o atual presidente Weverton Vetão durante a reunião realizada ontem (11).

Veja também

Câmara cria mecanismo de fiscalização de recursos públicos