Avião pousa no GRU, com um lote de medicamentos adquiridos na China. Crédito: Ivan Almeida/Vale

Concluído entrega de 3,7 milhões de medicamentos para intubação

Anúncios
Avião pousa no GRU, com um lote de medicamentos adquiridos na China. Crédito: Ivan Almeida/Vale

Empresas concluem entrega de 3,7 milhões de medicamentos para intubação.

A doação total é de 3,7 milhões de medicamentos para intubação. Créditos: Ivan Almeida/Vale

Num reforço à ação solidária de doação de medicamentos para intubação, a Vale contou com apoio de mais empresas para compra desses insumos. Uma quantidade adicional de 300 mil medicamentos será doada para o tratamento de pacientes com Covid-19 internados em UTIs, perfazendo um total de 3,7 milhões analgésicos, sedativos e bloqueadores neuromusculares. Todos os insumos estão sendo entregues ao Ministério da Saúde, responsável pela distribuição pelos Estados por meio do Sistema Único de Saúde (SUS). O último lote dessa nova remessa emergencial, adquirida na China, chegou na madrugada do dia 11/5, às 4h20, no aeroporto de Guarulhos, em São Paulo. Desta vez, se juntaram à Vale a BR Distribuidora e Instituto Brasileiro de Petróleo e Gás (IBP), que está representando, além da BR, a ICONIC, Ipiranga, Petrobras e Petrogal Brasil.

Os medicamentos serão integralmente doados ao Ministério da Saúde para o tratamento de pacientes com Covid-19 internados em UTIs. Crédito: Ivan Almeida/Vale

A nova iniciativa se soma a outra doação, de 3,4 milhões de medicamentos para intubação, de outro pool de empresas, formado por ENGIE, Itaú Unibanco, Klabin, Petrobras, Raízen, TAG e Vale, conforme anunciado no dia 8 de abril. Os itens possuem autorização para importação emitida pela Anvisa, além da certificação da agência sanitária chinesa.

Descarregamento da aeronave, no pátio do GRU. Créditos: Ivan Almeida/Vale

Veja também

Vídeo: Obras de Descaracterização da Vale na Barragem Pontal